NOVA ERA

MÚSICA SEM PARAR

07:00 - 11:00Manhãs da Nova Era - Ricardo Lomar

Login / Registo

Melhores do Ano


W&W

Em 2007, Willem van Hanegem e Ward van der Harst juntaram-se e formaram os W&W. A dupla de DJs produtores dos Países Baixos transcendeu as fronteiras dos géneros e atravessou o mundo com os seus aclamados temas e apresentações icónicas ao vivo, tornando-se uma das duplas mais requisitadas do mundo da música eletrónica. Sempre à procura de fundir estilos e influências, os W&W são conhecidos por combinar os elementos edificantes e melódicos do Trance com a intensidade da Electro e Progressive House, criando um som único e rebelde que é sem dúvida o seu próprio som. Desde cedo faixas como “Moscow”, a lendária “Big Foot” e mais recentemente "Rave Culture", fizeram parte das playlists e setlists de artistas como Hardwell, Armin van Buuren, Tiësto, Dimitri Vegas & Like Mike e David Guetta, pela sua magnitude, diversidade e qualidade musical. Como DJs, os W&W têm dominado as pistas de dança e festivais em todo o mundo desde há anos. Atuam ano após ano no mainstage de festivais como o Tomorrowland e EDC. São criadores e curadores da marca Rave Culture, que inclui o seu próprio programa de rádio e megaproduções ao vivo em todo o mundo. Os W&W estão entre os principais acts da música de dança e voltam a tocar no palco dos Fornova Melhores do Ano a 22 de abril de 2023, na Exponor

DANNI GATO

Danni Gato é atualmente um dos principais DJs portugueses e a principal referência do Afro House em Portugal. 2022 foi um ano intenso de produção para Danni Gato, com o lançamento do seu primeiro álbum, “The Beginning Day & Night”, que culminou com a apresentação em nome próprio no Coliseu de Lisboa, diversos prémios individuais, agenda cheia em Portugal e no estrangeiro, com passagem pelos EUA, Reino Unido, Holanda, Bélgica, França, Suíça, Luxemburgo e Malta, entre outros, e o reconhecimento cada vez maior do público. Ainda em 2022, Danni Gato teve grandes atuações, na after party dos prémios Fornova Melhores do Ano e na Brisa Beach Party, em Matosinhos. 


VADO MKA

Vado Más Ki Ás, abreviado Vado MKA, nasceu em Portugal, filho de cabo-verdianos. As suas raízes familiares e um passado difícil emprestaram-lhe a inspiração que havia de marcar a diferença no panorama musical. Desde os 12 anos que se dedica a 100% à música e apesar de no seu início de carreira ter sido marcado por letras mais sombias, hoje em dia, é o próprio que admite “que procura a luz”. Seja em crioulo ou em português, o seu rap já conquistou milhares de fãs, ao longo de vários EP, Mixtapes e um álbum. Em paralelo, Vado MKA tem colaborado com outros nomes como Bispo ou Djodje. A sua vida louca, trá-lo no dia 22 de abril à Exponor para se juntar à celebração dos Melhores do Ano.

CATARINA FILIPE

Catarina Filipe nasceu nos EUA, mas foi nas Caldas da Rainha que cresceu. Começou como Youtuber, com uma determinação singular. Mais tarde, mudou-se para Lisboa, para estudar Gestão. Paralelamente continua a comunicar e partilhar as suas paixões nas redes sociais. Até aos dias de hoje contar com cerca de 250 mil seguidores apenas no Youtube. Das plataformas digitais para os palcos foi um salto. Apaixonada pela música, Catarina Filipe apresentou-se este ano no Rock in Rio perante uma multidão ávida por a ouvir cantar. Nos Fornova Melhores do Ano, vai mostrar ao Norte os seus novos temas.



KAPPA JOTTA

Kappa Jotta, um dos artistas mais falados do panorama musical português da atualidade. Natural de Cascais, conta com dois álbuns editados “Vírus” e “Ligação” que somam milhões de visualizações em todas as plataformas digitais. Tem vindo a juntar uma sólida base de fãs que se faz notar nas suas redes sociais e que, sem dúvida, faz dele um dos nomes incontornáveis do hip hop nacional. Músicas com letras pessoais que entre métricas e ritmos inovadores, nos levam numa viagem que liga o passado ao presente do rapper, focando também sonhos e objetivos futuros. É uma mensagem motivacional, por vezes crua, mas muito inspiradora. E é isso que ele nos vai fazer dia 22 de abril na Exponor, inspirar-nos com a sua música.
DOMINGUES

Domingues estreou-se na música com apenas 11 anos. Estudou violino na conservatória de música durante cinco anos até que abandona esses estudos para trocar o violino pela guitarra - em modo autodidata. Começa a fazer os seus covers sem nunca os tirar do quarto, até que compõe a sua primeira canção original: “Insubstituível”. Partilhou-a no Twitter e surpreendentemente teve um feedback tão positivo que o incentivou a expor as suas histórias, com a perfeita noção que havia espaço para elas fora da sua cabeça. Os seus pensamentos, por vezes confusos, ganham um outro valor nas rimas e melodias que tem o dom de criar. E desse processo nascem músicas como “Café em Paris” ou “Deixa Arder”. Graças a temas como estes vê o feedback do público aumentar significativamente, uma tendência que culmina em “Fica”, um gigantesco sucesso que vem provar o porquê de Domingues ser já por muitos considerado o futuro da música portuguesa. E dia 22 de abril vai mostrar isso mesmo no palco dos Fornova Melhores do Ano.



CARLOS MANAÇA & GUITOS LIVE

Carlos Manaça
leva já mais de 35 anos como DJ profissional. Como DJ e produtor, assumiu-se como um dos mais reputados nomes da dance scene nacional, tendo tocado em clubs icónicos como o “CAIS 447”, em Matosinhos, e o “ROCK’s”, em Gaia, e com lançamentos por editoras reputadas, começando pela Kaos Records. Em 2000 criou a editora Magna Recordings que, em maio de 2022, celebrou 22 anos de edições regulares, e intitula o seu radio show semanal na Rádio Nova Era. Manaça é presença habitual nos principais eventos nacionais de música eletrónica, levando o seu tech house e techno ao muito público que o segue em permanência. Os 30 anos de carreira, assinalados em 2016, valeram-lhe nesse ano o “Prémio Carreira”, nos Melhores do Ano da Nova Era, aos quais regressa na edição de 2023.
Guitos é uma referência na dance scene nacional, afirmando-se como um dos percussionistas mais conceituados. Ao longo dos seus 20 anos de carreira, já atuou com grandes nomes da música nacional e internacional, em palcos em Espanha, Inglaterra, Alemanha, Moçambique, Angola e Qatar, onde foi artista residente em dois dos seus principais clubs de Doha: W e Manko Loko. A 22 de abril, acompanha Carlos Manaça nos prémios Fornova Melhores do Ano.


BOY TEDDY

Boy Teddy é um cantor, compositor e músico moçambicano. O seu álbum de estreia foi “Number One”, composto por 10 faixas que variam entre a Kizomba, Guetto, Zouk e R&B. O single que dá o título ao álbum já ultrapassou 6 milhões de visualizações no YouTube. Boy Teddy tem arrasado em pistas de dança de vários países, incluindo Portugal, onde subirá ao palco dos Fornova Melhores do Ano, na Exponor, em Matosinhos, no dia 22 de abril.
JIMMY P

Jimmy P regressa, em 2023, aos “Melhores do Ano”, um evento onde tem sido presença habitual e no qual já foi antes nomeado e vencedor. O artista planeia lançar um novo álbum este ano, apresentado pelo single “Narrativa”, editado no final de 2022. O novo trabalho vai suceder ao álbum com título homónimo, editado em 2020, o 4.º da sua carreira, composto por 16 canções, incluíndo os singles "Ano Novo", "Contigo", "Vais Alinhar" e "Até Voltares", e com a participação de vários artistas, como Carolina Deslandes, Deejay Telio, Djodje, Fernando Daniel, Gson e Nelson Freitas. Nos últimos anos, Jimmy P lançou ainda 2 EPs: “Mercúrio”, com Carolina Deslandes (2020), e “Heartbreak” (2021), que inclui o single “Volta para ti” ft. Syro. Jimmy P assume agora uma nova fase na sua carreira e vida que explora novas dimensões da essência artística.


MUNDO SEGUNDO

O mítico produtor e MC Mundo Segundo regressa ao palco dos “Melhores do Ano”, na edição de 2023. Mundo Segundo é um dos nomes mais respeitados do hip hop nacional, que já conta com uma carreira de mais de duas décadas, a solo e com projetos coletivos, como os Dealema e a dupla com Sam The Kid. É presença constante na Rádio Nova Era, com o radio show “Skills”, transmitido todas as quartas, das 23h à 1h da manhã. Este ano deverá ser lançado um novo álbum de Mundo Segundo.


ANGERFIST

Angerfist é Danny Masseling, produtor de Hardcore e DJ neerlandês.
Começou a produzir aos 16 anos, com loops de 4 batidas e desde então o seu interesse em produção nunca mais parou. Alguns dos maiores hits de hardcore têm a sua assinatura incluindo: "Dance With The Wolves", "Raise Your Fist" e "Riotstarter”. Desde 2011 que é presença habitual no TOP100 Djs da DJ MAG. Na última edição deste ranking mundial, ocupa a 63.ª posição. Angerfist apresenta-se mascarado ao vivo, tendo já subido ao palco de festivais como o Sensation Black, Masters of Hardcore, Defqon. 1 e Mysteryland.


BLACCI

Blacci é uma cantora e compositora luso-brasileira, que começou a sua paixão pela música desde criança. Com apenas 21 anos, Blacci participou no Festival da Canção 2022, onde compôs e interpretou “Mar No Fim”. A sua sonoridade movimenta-se entre o Pop, Trap e R&B, apresentando-se com o seu novo EP “111” no dia 22 de abril, nos Fornova Melhores do Ano.
DEEZY

Deezy é um dos nomes incontornáveis do hip hop em português. Com origens angolanas e a consolidar cada vez mais o seu percurso em Portugal, Deezy conta com inúmeros trabalhos em nome individual e coletivo. Durante anos, integrou a Dope Muzik, tendo simultaneamente trabalhado a sua carreira a solo, a que se dedica agora totalmente. São dele sucessos como “I’m So Blessed”, “MoDred” ou “Tá Dá Raiva”, e ao lado do Bispo interpretou o multiplatinado single “Nós2”, que já soma mais de 23 milhões de visualizações no YouTube. Em 2021, lançou o EP “+ Do Mesmo”, a primeira parte de um álbum a ver a luz do dia em dois takes, apresentado pelo single “Não Me Enganas”, com a participação de Ivandro e Nayr Faquirá. Este EP é uma viagem pela sua história, que inclui várias participações de relevo, como Ivandro, Edgar Domingos, Sacik Brow, Phoenix Rdc e DJ Fifty. Destacam-se ainda as participações especiais de figuras do desporto, como William Carvalho, e da comédia, como Gilmário Vemba. Em 2022, saiu uma collab com Kappa Jota em “Apaga o meu número e os singles “Esperança”, com a participação do rapper Totó ST e “Errado ou Certo”. Já no início 2023, Deezy lançou uma collab com Vado Más Ki Ás, intitulada “Conquistas”.



HAROLD

Harold é um dos membros dos Grognation, coletivo de Mem Martins que anunciou o seu fim em 2022, depois do lançamento do EP “Anatomia de Grog”, produzido por Sam The Kid. A solo, assinou os álbuns “Indiana Jones”, de 2016 e “Tudo Tem Seu Tempo”, de 2019. Dois anos mais tarde, em 2021, apresentou o single “Lugar”, revelador de uma nova musicalidade, tendo no final desse ano, lançado o EP “Mãe Um Dia Eu Ganho Um Diamante”, dos quais foram extraídos os singles “Raiz” e “Pontas” com Xtinto e Diamante. “Aquece” é o mais recente single de Harold, já lançado em 2023, com a participação de Murta, descrito como “uma canção ágil entre a destreza do hip-hop e a atração do r&b”.
PUTZGRILLA

Os Putzgrilla são já um nome incontornável da música eletrónica nacional. Em 2018 lançaram o seu primeiro álbum “Favela Rave”, depois de vários singles editados, como “Avacalhar” e “Vaga(Bunda)”, e milhões de visualizações e streamings.
Em 2019, regressaram com o single “Tá Controlado”, juntando-se aos Supa Squad e a Vado Más Ki Ás. Neste single, juntam-se à sonoridade rave, típica dos Putzgrilla, as influências Afro, Funk, Trap e Dancehall, num tema bombástico para as pistas e festivais. O grupo sempre marcou a diferença pela fusão de géneros e a demonstrá-lo está o seu mais recente single, lançado em 2022, intitulado “Má Vida”. É uma colaboração com Danni Gato e marca uma incursão pelo Afrobeat. As suas atuações são enérgicas, à semelhança das suas músicas, sinónimo de dança e festa. Os Putzgrilla já atuaram em muitos eventos e festivais, como o festival MEO Sudoeste, Semanas Académicas e Receções ao Caloiro em todo o país, e nos Fornova Melhores do Ano da Nova Era, aos quais regressam em 2023.




IVANDRO

Ivandro tem sido um dos nomes de maior destaque na música nacional dos últimos anos. Desde 2013 que trabalha em originais, além de tocar guitarra e cantar, aventurou-se a mixar e a masterizar alguns dos seus temas e também de outros artistas. Participou
no programa Ídolos em 2015 e, a seguir a um período de silêncio, voltou a lançar originais. Em 2017 começou a dar nas vistas nas redes sociais e, desde então, tem vindo a trabalhar com artistas de renome como Instinto 26, Waze, Gson, Valdo, Goblin entre outros. Lançou recentemente “Lua”, single que alcançou um tremendo sucesso, tendo sido o tema português mais ouvido no Spotify em 2022 e que conta com mais de 14 milhões de visualizações no Youtube, é o tema com o qual está nomeado para Melhor Single Nacional nos Prémios Fornova Melhores do Ano.